Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

riscos_e_rabiscos

.

.

As Minhas Obras de Arte (Eu Que Fiz!)

Após insistentes pedidos (e até algumas intimações judiciais e abaixo-assinados), decidi, finalmente, mostrar-vos como sou uma rapariga prendada.


Sou uma moça muito jeitosa para as artes femininas, Gosto de fazer, tenho jeito e é uma forma de "destressar".


Agora espreitem lá as minhas primeiras obras de arte na área do trapilho.

 

 

Esta é preta com asas em acrílico e aplicação de flor em tecido. Ela parece estar torta porque não tirei o meu "recheio" pessoal de lá de dentro... 

 

 

 

 

Esta tem uma cor "neutra", é um verde-acinzentado. Também tem asas de acrílico transparentes para colocar ao ombro. Tem uma aplicação de um fio prateado.


Que tal? Gostaram? Não gostaram? Sejam sinceros... digam bem, ou digam mal mas pelo menos digam qualquer coisinha... 

 

Com o Dedo No Trapilho.

 

Amanhã é o meu último dia de "voluntariado" no colégio. E é o último dia a levantar-me com as galinhas, que é como quem diz às 6.30h, para ir abrir o colégio (Iupiiii!). Acho que vou ter saudades. Isto é, vou ter saudades dos momentos de calmaria e de correria, da coordenação do trabalho entre o trio odemira (entenda-se eu, a P. e a C.). para que tudo corresse bem.

 

Depois entro em férias. Tenho direito nove dias de férias. Acho eu. Férias... eh! Trabalho em casa, para ser mais correcta. Tenho de ultimar as coisas para iniciar o ano lectivo. E espero que o director não tenha alguma ideia brilhante para eu ter de andar a saltitar entre o colégio e casa.

 

Ando cansada e cheia de sono. Não me consigo deitar muito cedo e depois dá nisto. Hoje, então, foi o cúmulo: às 4.30h da manhã acordei a espirrar e já não consegui dormir mais. Humpf! Entretive-me a gastar um pacote de lenços de papel.

 

Só vim aqui ver como páram as modas e dizer que ainda mexo, com dificuldade mas mexo!

Ultimamente mexo com desembaraço os dedos. Desde que ataquei o trapilho, não quero outra coisa. E logo eu que sou uma moçoila toda prendada em muitas vertentes dos lazeres femininos...! Prometo mostrar depois o produto final que sair destas mãos de fada.

 

Ah, é verdade, sabem do que estou a falar? (Menina K. não vale revelar!)